Frigorifico de Maracaju é reativado e recebe SISBI

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Print
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

A atuação do Governo de Mato Grosso do Sul, por meio da Semagro (Secretaria de meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) foi decisiva para reativação do frigorífico RRX, desativado há quase três anos, em Maracaju. A afirmação é do empresário Rodrigo Gonçalves Rodrigues, arrendatário da planta.

Em visita ao município no início do ano, o secretário Jaime Verruck juntamente com o Superintendente de Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, Produção e Agricultura Familiar, Rogério Beretta e o  diretor-presidente da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal do MS), Daniel Ingold, estiveram nas instalações da indústria – que tem capacidade para abater 200 cabeças por dia – para avaliar a estrutura da unidade e alinhar as ações possíveis, dentro da atuação estadual, para sua reativação.

Nesse sentido, o frigorífico, que já estava habilitado para abater e comercializar no município recebeu nesta quarta-feira (12) o SISBI (Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal) para poder vender para todo o país. Assinaram o documento na Semagro, o Secretário Jaime e o Diretor Presidente da Iagro,Daniel.

Contente com o resultado dos esforços conjuntos, o Secretário destacou o empenho dos empresários em adequar a estrutura aos padrões vigentes, em contratar mão de obra local e investir em qualidade.

Segundo o empresário Rodrigo, as expectativas são de que nos próximos dias o frigorifico esteja operando com sua capacidade total, abatendo até 200 cabeças de gado por dia, gerando até 150 empregos diretos e outros 100 indiretamente.

Rodrigo comentou que o trabalho do Governo do Estado, orientando e auxiliando na solução das demandas, seja nas licenças e ainda na adequação para recebimento do SISBI, foram fundamentais para que as portas do frigorifico fossem reabertas.

Na oportunidade também foi assinado o SISBI para o frigorífico RRX Comércio de Carnes, do município de Corumbá.