Pavimentação de rodovia que liga universidades a BR-463 chega à fase final

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Print
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Em Dourados, os trabalhos de pavimentação da MS-162 chegam à fase final, com 72% das obras  executadas, faltando apenas a sinalização horizontal e vertical, cercamento e plantio de grama nas laterais. A previsão é de entrega das obras na primeira quinzena de novembro.

O acesso, de 7,1 quilômetros, liga a rodovia entre Dourados e Itahum, passa pelo Aeroporto, bem como as universidades UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) e UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) até a BR-463 (entre Dourados e Ponta Porã).

Para o secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel, o objetivo é facilitar o acesso de estudantes de municípios vizinhos às universidades e ao aeroporto. A medida também gera desenvolvimento.  “A rodovia vai interligar a região para Ponta Porã, contribuindo com o escoamento do setor agrícola local. Será um ganho importante aos produtores e também à população”, destaca.

Para o reitor da UEMS, Laércio Alves de Carvalho, o empreendimento vai gerar um ganho importante para o ensino superior. “As obras de asfaltamento da MS-162 impactam positivamente à Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, pois beneficiarão toda nossa comunidade acadêmica, resultando em melhorias no tráfego da região. A obra poderá atrair investimentos a todo o entorno da Cidade Universitária de Dourados, bem como vai diversificar as rotas de transporte intermunicipal, uma vez que recebemos estudantes de vários municípios da região da Grande Dourados”.

O advogado Noemir Felipeto faz cicloturismo naquela região. Para ele, a pavimentação da MS 162 garante um acesso importante para quem quer pedalar fazendo um retorno pela BR 463. “Também facilita o acesso à Igrejinha de Pedra, ponto tradicional de visitação de ciclistas de Dourados.  Com certeza uma obra importante para todos os ciclistas, mas também para toda a sociedade, já que facilita o acesso de estudantes, trabalhadores das universidades, bem como quem utiliza o aeroporto e visitantes das cidades vizinhas”, destaca.

A obra de pavimentação da MS-162 foi lançada em outubro do ano passado pelo governador Reinaldo Azambuja, com investimento de R$ 12,7 milhões. Além de garantir melhorias na infraestrutura urbana, a obra também movimenta a economia local e gera mais de 150 empregos diretos e indiretos.