Novo Refis garante descontos de até 80% e facilita negociação de dívidas em MS

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Print
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Foi divulgado no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (17) o novo Refis, que prevê descontos de até 80% de juros e multas para pagamentos à vista dos débitos do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

Para parcelamento em até 20 vezes, o desconto será de 70% e para quem decidir por  21 a 60 parcelas, o contribuinte terá desconto de 60% nos juros e multas.

A nova lei prevê ainda a remissão e anistia de ITCD, de dívidas de até R$ 2 mil; de ICMS, de créditos tributários de até R$ 2 mil; de IPVA e licenciamento para motocicletas de até 162 cilindradas; e de licenciamento de veículos que devem até R$ 2 mil.

Além disso, o novo Regis concede novo prazo para pagamento de créditos tributários formalizados por ACT (Auto de Cientificação) e permite a negociação de dívidas do Fundersul, EFD (Escrituração Fiscal Digital).

O Novo Refis, proposto pelo governador Reinaldo Azambuja,  abrange também multas do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) e da Iagro ( Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vejetal), excluindo os débitos por desmatamento ilegal, além de de multas e taxas da Agems (Agência Estadal de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul), antiga Agepan e do Procon.