Nova usina de energia solar em MS terá capacidade de 292 megawatts-hora ao mês

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Print
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

A nova usina de energia solar prevista para fevereiro de 2022, em Cassilândia, terá capacidade de produção de 292 / MWh por mês. A obra deve ser criada em outubro deste ano.

A capacidade equivale a energia média consumida por cerca de 1,8 mil residências.  

O empreendimento é uma iniciativa da Ambiental MS Pantanal – empresa que surgiu da Parceria Público-Privada (PPP) entre a Sanesul e o Grupo Aegea.

De acordo com o diretor-presidente da MS Pantanal, Celso Paschoal, o investimento em recursos sustentáveis, como a usina de energia solar, faz parte dos pilares da empresa.  

“Através da PPP, podemos levar muito mais saúde à população do nosso Estado e nossa missão é fazer isso de maneira sustentável”, disse.

Saneamento

Mato Grosso do Sul deve garantir acesso a mais 1,7 milhão de pessoas aos serviços de saneamento até o final de 2031.  

Para isso, a MS Pantanal estima investir cerca de R $ 1 bilhão em obras.

“A preservação do Meio Ambiente e a melhora da qualidade de vida dos sul-mato-grossenses são o resultado final do nosso trabalho. Utilizar recursos renováveis ​​para que nossa meta seja cumprida torna esse projeto muito mais especial ”, concluiu Paschoal.