MS é o 6º Estado mais competitivo do Brasil, aponta ranking

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Print
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Mato Grosso do Sul aparece na 6ª posição do Ranking de Competitividade dos Estados, divulgado nesta quinta-feira (30). Elaborado pelo Centro de Liderança Pública, o levantamento avalia dez pilares importantes da administração pública.

O Estado mantém a mesma posição de 2020, mas melhorou a colocação em três indicadores: Segurança Pública, da 6ª para a 4ª posição, Solidez Fiscal da 15ª para a 10ª, e Eficiência da Máquina Pública de 11ª para 10ª. “Ser o 6º estado mais competitivo do Brasil não é pouca coisa. Pois eles analisaram os indicadores e pautaram Mato Grosso do Sul como o sexto estado mais competitivo. Isso é bom, pois mostra o crescimento”, disse o governador Reinaldo Azambuja.

Para o secretário de Estado de Infraestrutura, Eduardo Riedel, o resultado é fruto de muito enfrentamento. “Deixamos de ser aquele estado pequeno, encruado, no fim do Brasil para assumir uma posição de destaque e isso foi feito por uma visão do governador Reinaldo Azambuja teve lá atrás em relação aos rumos que a gente deveria dar para esse Estado e a muita definição, determinação em relação à política, pois teve que ter enfrentamento para fazer o que estamos fazendo”, disse.

O relatório mostra MS a frente de Estados como Rio de Janeiro, Goiás, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e, o vizinho, Mato Grosso.

Com objetivo de alcançar entendimento mais profundo das 27 unidades da federação, o Ranking de Competitividade dos Estados, seleciona 68 indicadores, distribuídos em 10 pilares considerados fundamentais para a competitividade e melhoria da gestão pública: Infraestrutura, Sustentabilidade Social, Segurança Pública, Educação, Solidez Fiscal, Eficiência da Máquina Pública, Capital Humano, Sustentabilidade Ambiental, Potencial de Mercado e Inovação.