Com investimento de R$ 19 mi, Estado anuncia duplicação da Cel Ponciano

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Print
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

O secretário de Estado de Infraestrutura Eduardo Riedel anunciou as obras de duplicação da avenida Coronel Ponciano em Dourados durante audiência pública realizada na Câmara de Vereadores, na noite desta sexta-feira (13). Segundo o secretário, nos próximos dias o projeto, elaborado pela Prefeitura Municipal, será encaminhado para o processo de licitação, o que pode durar cerca de 90 dias. A etapa seguinte é a contratação da empresa e assinatura da ordem de início das obras.

“A Coronel Ponciano foi uma unanimidade quando a gente veio discutir o Governo Presente, programa que o governador Reinaldo Azambuja instituiu como uma das diretrizes de seu governo, pensando e entendendo que o Mato Grosso do Sul só cresce se os municípios crescerem junto”, reforçou o secretário.

Riedel falou da importância do municipalismo. “Quem define o que é prioridade são os municípios por meio do prefeito, vereadores e lideranças. Eles conhecem a realidade local e as principais necessidades. Foi isso o que aconteceu em Dourados. Ouvimos as necessidades locais e as incluímos no Governo Presente. A Prefeitura fez um projeto moderno e arrojado, com investimentos de aproximadamente R$ 19 milhões. Nos cabe agora, já nos próximos dias, dar encaminhamento ao processo de licitação e posteriormente, se não houver entraves jurídicos, dar início as obras”.

Os moradores e comerciantes que estão próximos à avenida apresentaram as reclamações e reivindicações em relação a Coronel Ponciano e, diante disso, uma reunião de alinhamento em relação ao projeto foi agendada para os próximos dias.

De acordo com os dados da Seinfra (Secretaria de Infraestrutura), de 2015 até hoje, os investimentos em infraestrutura ultrapassam R$ 290 milhões, somando habitação e saneamento os recursos chegam a R$ 789 milhões.  “Para Mato Grosso do Sul a previsão é que o PIB cresça quase 6% e Dourados puxa esse desenvolvimento, que reflete na geração de emprego e renda, fazendo a roda da economia girar”.

O Projeto

A duplicação da via será da BR-163 até a rua Palmeiras, imediações do cemitério Municipal, trecho de aproximadamente 2,7 km. Da rua Palmeiras até a avenida Marcelino Pires, percurso de 1,5km, será feita revitalização, pois não há espaço para duas pistas.