Litro da gasolina chega a custar R$ 6,39 em Dourados

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Print
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

O Procon Municipal realizou uma pesquisa de preço em Dourados. Os fiscais passaram por 40 estabelecimentos e a variação no valor da gasolina foi de 6,72% entre o maior e menor preço. No etanol a diferença é ainda maior, de 13,23%. Foram pesquisados etanol, diesel comum e S10 e gasolina comum e aditivada.

O levantamento aponta que na gasolina comum o menor preço encontrado foi de R$ 5,94 e o maior preço, R$ 6,399, com variação de 6,72 %. No etanol, o menor preço foi R$ 4,68 e o maior R$ 5,299, com variação de 13,23%. E o diesel comum, menor é R$ 4,50 e o maior R$ 5,099, variação de 13,32% e no Diesel S10, o menor é R$ 4,45 e o maior R$ 5,099, variação de 12,32 %.
De acordo com o diretor do Procon, Antônio Marco Marques, na comparação com o levantamento produzido em julho, foi registrado um aumento de 5,75% no preço médio praticado em Dourados.

“Atualmente, entre os estabelecimentos pesquisados o preço médio da gasolina é de R$ 6,072. Em julho, essa média girava em torno de R$ 5,966, se comparado, houve um aumento de 5,75%. Já no etanol houve uma alteração de 3,87 % entre as pesquisas. Hoje o preço médio do Etanol em Dourados é de R$ 4,887, sendo que em julho era de R$ 4,705 ”, pontuou.

Já em relação ao Diesel comum, em julho o preço médio era de R$ 4,658, e nesta pesquisa apontou como preço médio o valor de R$ 4,742, alta de 1,81%. O Diesel S 10 apresentou nesta pesquisa o valor médio de R$ 4,813 e na pesquisa do mês de julho apresentou preço médio de R$ 4,729, mostrando uma alta de 1,8%

O Procon informa que os consumidores poderão exigir a análise do combustível para descobrir o teor de álcool presente na gasolina, teste esse que será feito pelo próprio funcionário do posto de combustível na frente do consumidor.
Serviço: Para dúvidas ou reclamações: 151 ou (67) 3411-7754.