Pecuária de MS deve encolher 6%; prejuízo pode superar meio bi

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Print
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Levantamento do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) aponta que a produtividade da pecuária deverá encolher 6,36% neste ano em Mato Grosso do Sul.

Conforme o Mapa, a produção bruta do setor deve ser de R$ R$ 8,018 bilhões neste ano, contra R$ 8,563 bilhões no ano passado – a queda, em números absolutos, deverá ser de R$ 545,25 milhões.

Em 2015, o rebanho bovino fechou em 20,65 milhões de cabeças, conforme o Iagro
Em 2015, o rebanho bovino fechou em 20,65 milhões de cabeças, conforme o Iagro

A crise na pecuária sul-mato-grossense, segundo o Mapa, deve-se à retração do rebanho, à perda de mercado e a expansão de áreas de outras atividades, como soja e floresta.

Em 2015, o rebanho bovino fechou em 20,65 milhões de cabeças, conforme projeção da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal.

Na comparação com o ano de 2010, período em que o rebanho de MS chegou a 22,135 milhões de cabeças, a redução no plantel do estado equivale a 6,7%.

Em relação ao rebanho bovino de 2003, a queda do volume de gado nas fazendas de MS foi mais drástica – naquele ano o rebanho era de 24,9 milhões de cabeças, conforme o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

 

Com informações do Notícias Agrícolas