MS reduz abate de bovinos em meio milhão de animais em 2015

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Print
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

O volume de abates de bovinos nos frigoríficos de Mato Grosso do Sul caiu 13,54% em 2015 frente a 2014, retrocedendo de  3,931 milhões de animais para 3,399 milhões, o que representou 532,313 mil cabeças a menos, segundo dados das Pesquisas Trimestrais de Abates de Animais, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Com restrição de oferta de animais prontos, frigoríficos de MS reduziram volume de abates: FOTO/DIVULGAÇÃO
Com restrição de oferta de animais prontos, frigoríficos de MS reduziram volume de abates: FOTO/DIVULGAÇÃO

Mesmo com a redução, o estado se manteve no ano como o segundo do ranking nacional de abates, ficando atrás apenas de Mato Grosso, que em 2015 abateu 4,540 milhões de cabeças. O estado vizinho também sofreu uma redução, de 15,2%, na quantidade de animais abatidos na mesma comparação com 2014.

No país, a redução na análise das mesmas parciais foi um pouco menor, 9,64%, caindo de 33,907 milhões de cabeças para 30,642 milhões.

Ao longo do ano, técnicos da Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul) apontaram que a redução do volume de abates vem ocorrendo no estado e se repetindo em todo o país em razão de um cenário de escassez de animais prontos e de retenção de matrizes para a produção de bezerros.

Em 2015, dos 3,399 milhões de bovinos abatidos no estado, 41,51%, 1,411 milhão foram de bois; 26,07%, 886,494 mil foram de vacas; 16,93%, 575,630 mil foram de novilhas e 15,47%, 525,995 mil de novilhos.


Fonte: Agrodebate