Codefat libera R$ 6,2 bilhões em créditos para micro e pequenas empresas

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Print
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

 

O Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) aprovou hoje (16) o orçamento de R$ 6,22 bilhões para linhas de créditos voltados prioritariamente a micro e pequenas empresas em 2016.

Esse dinheiro faz parte dos chamados “depósitos especiais”, dinheiro do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), destinado a programas de geração de emprego e renda, como financiamento de compra de máquinas e equipamentos, e agricultura familiar.

Do total aprovado hoje, R$ 3,7 bilhões serão retirados de aplicações do FAT e R$ 2,52 bilhões virão de retornos de operações do fundo (financiamentos já concedidos pelos bancos oficiais).

Neste ano, o total de recursos do FAT aprovado em depósitos especiais foi de R$ 3,7 bilhões. O ministro do Trabalho e Previdência Social, Miguel Rossetto, destacou que o fundo adotou  uma posição conservadora diante da situação atual da economia brasileira.

“Temos que zelar pelo equilíbrio e a saúde financeira do FAT de modo a garantir a liquidez e o superávit do seguro desemprego e de outras importantes medidas, como o Programa de Proteção ao Emprego, que são benefícios muito importantes para os trabalhadores brasileiros.”

 

Agência Brasil