MS é o 8º Estado mais endividado do país

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Print
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

 

reinaldo-azambuja-foto-george-gianni-psdb-
Governador Reinaldo Azambuja desde que assumiu o cargo tem dito que a situação é crítica. (Foto: George Gianni).

Da redação

Dados do Tesouro Nacional e do Banco Central divulgados na semana passada pelo jornal Folha de São Paulo mostram que Mato Grosso do Sul aparece como o oitavo Estado mais endividado do país. Conforme a publicação, a dívida do Estado atingiu 94% da receita anual de 2015.

Mato Grosso do Sul está com nível alto de dívida, mas a situação é mais favorável do que em outros sete Estados. Por aqui, a crise financeira não é novidade. O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) desde que assumiu o cargo, em janeiro de 2015, tem dito que a situação é crítica.

No ano passado, fez um mutirão de corte de gastos em cada secretaria para otimizar os recursos e aumentou os principais impostos, como ICMS (Impostos sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) e IPVA (Imposto sobre a propriedade de Veículo automotor).

O estudo apresenta ainda que Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro lideram o ranking, com percentual que passa dos 200% e acarreta em penalidades, como a impossibilidade de contrair novos débitos. Os estados são os que mais sofrem financeiramente com a queda na arrecadação federal, devido a crise.

O nível de endividamento resulta em problemas financeiros para os estados. O levantamento mostra que, praticamente todos sofrem algum tipo de fragilidade fiscal, seja queda na receita, contas no vermelho, endividamento ou gastos com pessoal em excesso.