MARUN GARANTE RECURSOS PARA HOSPITAL DO AMOR

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Print
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

 

Aced recebeu autoridades para reunião sobre o Hospital de Câncer de Barretos. (Foto: A.Frota).
Aced recebeu autoridades para reunião sobre o Hospital de Câncer de Barretos. (Foto: A.Frota).

A Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados) recebeu na manhã desta sexta-feira (23), a reunião da Comissão de Hospital de Amor de Barretos em Dourados com o ministro de Estado Chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun. Na ocasião, foi garantida proposta de viabilizar recursos através de emendas parlamentares para implantação da Unidade de Diagnóstico Avançada de Câncer no município.

O presidente do Hospital de Amor, Henrique Prata apresentou os objetivos, os trabalhos que podem ser desenvolvidos na cidade e a viabilidade do projeto em Dourados. Hoje, existem extensões da instituição em Mato Grosso do Sul somente em Campo Grande e Nova Andradina.

Marun destacou o importante trabalho da instituição e que toda a sociedade douradense deve se envolver no projeto. Ele ainda anunciou a disponibilidade de propor emenda ao Orçamento da União na condição de deputado, junto com o senador Waldemir Moka e o também deputado federal Geraldo Resende, num valor total de R$ 10 milhões para a construção da estrutura.

A Comissão do Hospital de Amor de Barretos em Dourados é composta por voluntários que buscam viabilizar o projeto. A associação comercial participa das ações e abre espaço para os encontros. “Projetos que melhorem a qualidade de vida na nossa cidade devem sempre ser apoiados pelo setor empresarial e vamos contribuir com o que for necessário. Para nós, é motivo de satisfação ver o Hospital de Amor nascer em Dourados dentro da Aced”, afirmou a presidente, Elizabeth Rocha Salomão.

Também estiveram presentes na reunião o presidente do Sindicato Rural, Lúcio Damália, a prefeita de Dourados, Délia Razuk, o deputado estadual Renato Câmara, secretários municipais, entre outras autoridades.