Rumo ALL vai propor solução para reativação da malha oeste

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Print
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

 

rumo all ativa
Reinaldo com o presidente da Rumo ALL, Júlio Fontana. (Foto: Divulgação).

Em reunião com o governador Reinaldo Azambuja, nesta segunda-feira (18), em São Paulo (SP), o presidente da Rumo ALL, Júlio Fontana, se comprometeu a apresentar, nos próximos dias, solução para reativação da ferrovia  Malha Oeste, em Mato Grosso do Sul.

A retomada prometida pelo presidente da empresa de logística será baseada no estudo de viabilidade econômica da malha ferroviária que passa por Corumbá, Ponta Porã e Três Lagoas. O estudo foi apresentado ao Governo do Estado em setembro passado e apontou a necessidade de um aporte de R$ 1,9 bilhão para colocar os trilhos em operação.

Atualmente, a Malha Oeste transporta cerca de 6 milhões de toneladas de celulose, minério e aço por ano. Considerando uma tarifa competitiva, é necessário que o volume atinja 14,5 milhões de toneladas anuais para sustentar a viabilidade da ferrovia na região, aponta o estudo de demanda.

Também participaram do encontro o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso do Sul, Jaime Verruck, o presidente do conselho de administração da Cosan, controladora da Rumo ALL, Rubens Ometto, e o diretor-presidente da Raízen, Luis Henrique Guimarães.