Alan Guedes destaca parcerias para limpeza da cidade

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Print
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Em pronunciamento na Câmara de Vereadores, na reabertura do trabalho Legislativo, prefeito de Dourados disse que a participação da sociedade civil tem feito a diferença no Município

Organizar, limpar e deixar a cidade mais bonita não é tarefa fácil, principalmente se levar em consideração as condições de Dourados nesse começo de ano, em que o mato alto, lixo e buracos estão em todas as regiões do Município.

O tema foi destaque no pronunciamento do prefeito de Dourados, Alan Guedes, nesta segunda-feira (1), durante a abertura dos trabalhos legislativos na Câmara Municipal. Alan Guedes enfatizou que os trabalhos de limpeza, como recolhimento de lixo e roçadas, só estão avançando num ritmo maior graças a participação de moradores, entidades, empresas e a sociedade civil em geral.

“As pessoas estão se mobilizando para ajudar a prefeitura nessa tarefa e a gente fica muito grato por isso”, disse Alan ao lembrar que muitas das ações feitas, do começo do ano até agora, foram de iniciativa de moradores que estão dando sua parcela de contribuição.

A Semsur (Secretaria Municipal de Serviços Urbanos) também está com frentes de trabalho em várias regiões de Dourados e, mesmo com as chuvas intensas na cidade, tem conseguido mudar o cenário de ruas e canteiros. Em alguns casos, os moradores fazem limpeza e roçada e a Semsur recolhe os materiais.

Números

Levantamento da secretaria mostra que no mês de janeiro 637 toneladas de lixo foram recolhidas em Dourados. Além disso, 13,6 Km de canteiros foram roçados e 258 lâmpadas trocadas.

O relatório aponta ainda que 16 pontos da cidade já receberam as equipes da Semsur, como por exemplo, o aeroporto, feira-livre, Centro  Social Urbano (CSU) e o Parque dos Ipês.